4 dicas para os corretores de imóveis autônomos usarem agora mesmo!

7 minutos para ler

O trabalho de um corretor de imóveis é sempre desafiador. Esse ramo é extremamente competitivo e requer não apenas experiência e conhecimento, mas também diversas técnicas que gerem resultados. 

Todos os corretores de imóveis desejam ter uma carreira bem encaminhada e que alcance o sucesso. Mas, antes de qualquer coisa, é importante entender que não existe uma fórmula mágica padrão que dá para aplicar em qualquer tipo de corretagem. Cada corretor é diferente e seu trabalho é influenciado pela sua localização, tipos de clientes, tipos de imóveis e mais uma série de fatores. De qualquer forma, com muito estudo, dedicação e estratégia, o sucesso no mercado imobiliário vai vir para você! 

Para te ajudar nessa, vamos esclarecer aqui como ser um corretor de imóveis, o que faz um corretor de imóveis, o que precisa para ser corretor de imóveis e ainda dar dicas para você fazer parte do grupo dos melhores corretores de imóveis. Confira!

Corretores de imóveis: o mercado imobiliário é muito competitivo, mas existem diversas técnicas para se destacar entre os corretores de imóveis. | Foto: Freepik

O que é ser um corretor de imóveis autônomo?

Os corretores de imóveis autônomos nada mais são que corretores de imóveis comuns, mas que não estão empregados em uma imobiliária. Eles alcançam seus clientes sozinhos, planejam suas estratégias por conta própria e fazem seus horários do jeito que preferirem. 

Os corretores de imóveis autônomos devem se esforçar para aprimorar seu trabalho cada vez mais, já que o mercado competitivo exige essa capacitação.

Portanto, de forma resumida, os corretores de imóveis autônomos são responsáveis pela compra e venda, permuta, administração e locação de imóveis (que podem ser residenciais ou comerciais, urbanos ou rurais, apartamentos ou edifícios).

Segundo a Federação Nacional dos Corretores de Imóveis, estima-se que há em torno de 350 mil corretores de imóveis ativos no Brasil. Não existem dados sobre os corretores de imóveis autônomos, porém o número com certeza não é pequeno.

Como faço para ser um corretor de imóveis autônomo?

Agora, a pergunta que não quer calar: o que é preciso para se tornar um dos corretores de imóveis autônomos?

O caminho é igual ao de um corretor de imobiliária. E, por ser uma profissão constitucionalmente regulamentada no país, é necessário se filiar ao Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis).

Confira o passo a passo: 

1. Torne-se técnico em transação imobiliária

Para se filiar ao Creci, é necessário obter uma formação técnica. Existem alguns cursos que oferecem essa formação, por exemplo:

  • Técnico de Transação Imobiliária (1 ano, curso técnico);
  • Tecnólogo em Transação Imobiliária (2 anos, curso superior);
  • Bacharel em Ciências Imobiliárias (4 anos, graduação).

2. Seja estagiário de negócios imobiliários

Muitos cursos vão exigir estágio obrigatório para poder pegar seu certificado. É preciso requisitar o estágio ao Creci do seu Estado. 

No Creci-SP, por exemplo, o pagamento de taxas pode ser feito online, mas o protocolo é feito pessoalmente, na Delegacia Regional/Seccional que você escolher.

3. Inscreva-se no Creci

Após seguir as etapas anteriores, o próximo passo é se inscrever no Creci do seu estado de atuação e ser um dos corretores de imóveis dentro da lei.

Os documentos que são requeridos para essa inscrição são: 

  • RG;
  • CPF;
  • Fotos em 3×4;
  • Título de eleitor e comprovante da última eleição;
  • Certificado de reservista (para homens);
  • Comprovante de residência;
  • Diploma de técnico em transação imobiliária;
  • Comprovante de conclusão do ensino médio;
  • Comprovante de pagamento das taxas do Creci.

Confira essas dicas para você se tornar um corretor de imóveis melhor!

Como já foi dito, esse é um mercado competitivo, então para você se destacar e fazer parte do grupo dos corretores de imóveis fora de série, separamos algumas dicas especiais. Veja:

1. Aposte no seu marketing pessoal

Assim como qualquer negócio, para chegar ao sucesso, é necessário entender que a sua imagem é fundamental. 

Ser do time dos corretores de imóveis bem apresentados, ou seja, com uma boa postura, boa capacidade de se comunicar com o cliente, que passa confiança e segurança, é de extrema importância. 

É nesse ponto que o marketing pessoal se transforma em uma das estratégias de venda de imóveis que mais ganham destaque. 

2. Continue sempre buscando novos conhecimentos na área

Um profissional de qualquer área precisa se desenvolver profissionalmente e sempre estar atualizado sobre o mercado no qual está atuando.

Isso não é diferente com o corretor de imóveis autônomo. A inovação é uma busca constante e tal conhecimento pode ser obtido por meio de treinamentos, palestras, feiras, salões imobiliários e realizando novos cursos relacionados com o setor imobiliário.

É interessante também acompanhar blogs específicos sobre o assunto. Tenha em mente que é importante que corretores de imóveis saibam o básico sobre financiamento, mercado imobiliário, valorização ou depreciação de imóveis, novas tecnologias e ferramentas de gestão imobiliária (criar um site, aplicativos como Trello, Google Agenda, Google Keep, DropBox etc).

3. Aprenda a dialogar com os clientes

Uma das habilidades mais importantes para corretores de imóveis é o bom diálogo com os clientes. Isso é essencial para conseguir boas negociações imobiliárias.

Apenas mostrar o imóvel não é suficiente! É preciso vender aquilo para o cliente, fazer com que ele se envolva com a propriedade e realmente a veja com olhos de comprador.

Os corretores de imóveis não apenas vendem imóveis. Os corretores de imóveis apresentam lares, locais de trabalho, soluções e possibilitam o sonho das pessoas.

Por isso, crie o hábito de desenvolver uma boa presença, conversar, fazer as perguntas certas para os interessados e siga o famoso ditado: “o cliente sempre tem razão”.

Todavia, não force um cliente a adquirir um imóvel. É importante que ele goste do seu trabalho, para que te indique para outros possíveis clientes, possibilitando seu destaque no mercado imobiliário.

4. Estabeleça uma atitude profissional

A ética é um valor muito importante no trabalho de corretores de imóveis. Evidencie sua atitude profissional para seus clientes, leve seu trabalho com ética e faça-os entender que seu trabalho é de qualidade e que você realmente entende do assunto.

Isso apenas trará benefícios para sua jornada no mercado imobiliário, como credibilidade ao seu trabalho, indicações e cada vez mais futuros clientes.

Mas, cuidado: não faça isso de uma maneira arrogante, pois o efeito pode ser contrário!

Mostre que você segue regras, principalmente quando se trata de leis e acordos implícitos, e sempre mantenha o profissionalismo. Evite conversar sobre assuntos que incomodam as pessoas. Seja objetivo e assertivo, assim a imagem que você passará será sólida e de confiança.

Agora que você já entendeu como funciona ser um corretor de imóveis e conferiu dicas para melhorar seu trabalho, conheça a Resale! O Maior Outlet Imobiliário do Brasil, com mais de 2 mil imóveis pra você trabalhar e ganhar mais, em um processo 100% digital.

Posts relacionados

Um comentário em “4 dicas para os corretores de imóveis autônomos usarem agora mesmo!

Deixe um comentário