Saiba a importância da diversificação de investimento

7 minutos para ler

Investir em múltiplos lugares é o que define a diversificação de investimento. Trata-se de uma estratégia muito utilizada tanto por iniciantes na área quanto por aqueles que já estão alguns patamares acima.

No entanto, o objetivo dessa diversificação é buscar diferentes formas de evitar riscos e garantir uma boa rentabilidade. Na prática, essa estratégia forma uma carteira de ativos conforme os diferentes indexadores, estes devem responder de formas variadas às intempéries do mercado.

Ao longo da matéria, você verá o que é diversificação de investimento, qual a sua importância, como funciona esse processo e como ter uma carteira de investimentos diversificada. Continue a leitura!

Saiba a importância da diversificação de investimento e aprenda a montar a sua carteira. | Foto: Freepik/stockking.

O que é diversificação nos investimentos?

A diversificação de investimentos consiste em uma estratégia que distribui certa quantia de dinheiro em tipos de ativos variados. Essa diversificação de investimentos possui uma enorme vantagem e principal: garantir uma boa rentabilidade e reduzir os custos das aplicações.

É possível diversificar dinheiro apenas em uma categoria de investimentos, seja ela uma renda fixa ou variável. Além disso, caso você queira, também é permitido alocar o seu patrimônio nos dois grupos.

No momento em que você coloca o seu dinheiro em somente um tipo de ativo financeiro, automaticamente você está sendo exposto ao risco deste ativo. Bem-vindo ao mundo dos investimentos!

Vamos te dar um exemplo: suponhamos que você tenha colocado o seu patrimônio somente em uma ação. Caso essa ação não tenha um bom desempenho, o seu dinheiro será desvalorizado.

Agora, seguindo por outra linha de raciocínio, caso seu dinheiro esteja distribuído em vários outros investimentos, a queda da ação só afetará uma parte do seu patrimônio. Pode ocorrer de outro ativo se valorizar ao mesmo tempo, evitando os riscos de perda.

Ao concentrar seus investimentos e não optar pelo processo de diversificação, a probabilidade de prejuízos que serão acarretados será grande.

Por essa razão que a estratégia de diversificação de investimentos é fundamental, pois o dinheiro passa por uma distribuição em outros investimentos, correndo riscos e características diferentes.

No entanto, a diversificação de investimentos é o que traz equilíbrio para sua carteira, uma vez que cada um desses ativos reagem de uma maneira divergente quando relacionados ao mercado financeiro.

Qual a importância da diversificação de investimentos?

Como já dito anteriormente, uma das principais vantagens da diversificação de investimentos é diminuir os riscos, pois assim não há tantos prejuízos quando você investe em ativos variados.

Em um universo dos investimentos, o termo “diversificação” surgiu na década de 1950 através de estudos realizados por Harry Markowitz, inventor da Teoria Moderna do Portfólio. Essa teoria tinha como base formar um portfólio de ativos que maximiza as possibilidades de um retorno para um dado risco.

No entanto, até os dias de hoje essa teoria influencia as diferentes formas de como os investidores elaboram suas carteiras de investimentos, em que os ativos financeiros não seguem uma única tendência.

O criador da teoria consegue demonstrar que cada investimento, seja ele qual for, apresenta determinado risco e retorno esperado. Ao adicionar vários investimentos de uma só vez em uma carteira, o risco esperado desse mix pode ser mais eficiente que um investimento isolado.

No entanto, para resumir a ideia de Markowitz, uma carteira com investimentos variados sofre muito menos com as alterações do mercado. É durante esses movimentos que a instabilidade de um investimento é compensada.

Como diversificar investimentos?

Agora que você já sabe o que é diversificação de investimento e sua importância, veja algumas dicas que podem te ajudar a tornar essa estratégia mais efetiva:

1. Conheça o seu perfil de investidor

Quando você conhece o seu perfil de investidor, tudo se torna mais fácil ao identificar os investimentos que fazem sentido para seus objetivos, além dos riscos que você está disposto a correr.

2. Defina prazos e objetivos

Ao conhecer o seu perfil de investidor, outra etapa fundamental é definir os prazos dos investimentos, pois uma carteira diversificada atende aos seus diversos objetivos em vários momentos da vida.

3. Revise com frequência suas metas financeiras

É de extrema importância que você fique de olho em suas metas financeiras, pois enquanto algumas são realizadas outras podem ser adaptadas. A chegada inesperada de um filho, por exemplo, pode adiar outros planos.

4. Defina quanto investir para diversificar

Para fazer a diversificação de investimento, será necessário  escolher os ativos financeiros em que investirá. Estes, podem ser renda fixa, renda variável, mercados múltiplos, previdência, imóveis, câmbio, entre outros.

É importante que você guarde uma reserva para manter ou investir em locais com liquidez rápida – como uma conta de renda de CDI ou um investimento de renda fixa como um CDB.

5. Lembre que diversificar não é pulverizar seus investimentos

A fragmentação ocorre quando você investe muito pouco dinheiro em uma grande quantidade de ativos a mais do que você precisa. O ideal de diversificação é coletar esses retornos caso a caso.

Um exemplo disso são os Títulos Diretos do Tesouro vinculados à taxa Selic. Isso não é o mesmo que investir em um ativo como o IPCA do Tesouro, que varia com a inflação.

6. Tenha pelo menos um investimento com um imóvel físico

Investir no mercado imobiliário oferece uma segurança para os seus investidores, pois, com o sobe e desce da economia, papéis de empresas vendidos na bolsa, títulos de renda fixa e até os títulos públicos sofrem alterações nos seus valores e rentabilidades, algo que não acontece com os imóveis.

Além disso, com o crescimento das cidades e melhorias na infraestrutura, a tendência é que os imóveis aumentem de valor, conforme a região se torna mais completa, o que valoriza o investimento.

Por fim, um imóvel pode ser uma excelente fonte de renda ao ser alugado, o que traz segurança financeira e estabilidade para o investidor daquele imóvel. 

Portanto, investir em imóveis é seguro e a compra da sua casa, apartamento ou terreno pode ser muito mais simples e tranquila ao contar com um apoio especialista nesse assunto. Para isso, a Resale, o maior Outlet Imobiliário do Brasil, pode te ajudar a investir no lugar certo!

maior-outlet-imobiliário

Como ter uma carteira de investimentos diversificada?

Para ter uma carteira de investimentos diversificada é necessário pensar de forma muito estratégica na hora de escolher onde você vai distribuir o seu dinheiro.

Vale lembrar que se você for levar em conta somente um aspecto de algum investimento, isso pode te levar a fazer uma escolha arriscada, sem que você tenha verificado esse um perfil de investidor correto.

Por essa razão, o primeiro passo para tomar qualquer decisão sobre a diversificação de investimento é ter calma e estudar o mercado e aquela aplicação com cuidado.

Por fim, para obter uma carteira de investimentos diversificada é preciso verificar não só as características dos fundos ativos, mas também conferir detalhes sobre o mercado, como a taxa de administração, prazos de resgate e outros objetivos financeiros.

Posts relacionados

Um comentário em “Saiba a importância da diversificação de investimento

Deixe um comentário