Guia completo antifraude – Realize a compra de seu imóvel de forma segura

5 minutos para ler

O ano de 2020, junto com a pandemia e isolamento social, ampliou ainda mais o número de transações feitas pela internet. Grande parte das compras do ano foram feitas de forma online, conseguindo até mesmo vencer o estigma que gerações mais velhas tinham com a Internet, mas com esse aumento de transações online, também teve que aumentar a segurança, incluindo os sistemas antifraude.

Você sabe o que é um sistema antifraude? Mais conhecido como apenas “antifraude”, ele é um sistema responsável por aumentar a segurança de lojas virtuais contra transações de possíveis fraudes. O antifraude age por mecanismos de inteligência artificial (IA), analisando todos os dados das compras feitas, sendo capaz de identificar e bloquear todas as possíveis tentativas de fraudes e golpes.

Toda vez que uma transação digital é feita, as informações pessoais do comprador e de do cartão de crédito usado são enviadas para a bandeira e instituição emissora do cartão, para que os dados possam ser verificados e a transação só é autorizada quando todas as informações analisadas são válidas.

Antifraude o que é? | Foto: Unsplash.

Contudo, nos casos de lojas e-commerce, que possuem o sistema de antifraude, há uma outra camada de verificação de compras realizadas, além das que já existem. Depois da aprovação das informações, o antifraude faz uma análise rica em detalhes de toda a transação, para confirmar se a operação é suspeita ou não. E, como já foi citado, isso só é feito graças a tecnologias do tipo inteligência artificial, que são capazes de comparar dados, como histórico de compras, navegação, informações cadastrais do usuário, padrões de comportamento detectados e, também, a geolocalização.

Com essa análise, o sistema antifraude consegue classificar o risco da compra e, se for segura, a autoriza. Porém, se ela for categorizada como suspeita, ela será imediatamente bloqueada de forma automática. 

Veja, aqui, o que você deve levar em consideração ao comprar na internet e também dicas para evitar fraudes e golpes na compra de um imóvel online.

O que levar em consideração para comprar na internet?

Hoje em dia, existem mais e mais lojas virtuais e com toda a digitalização que o mundo está passando, é muito mais fácil fazer uma compra por meio de um aplicativo, do que ir até uma loja pessoalmente. Qualquer item está há poucos toques de nós, o que fez com que as compras na internet estourassem em popularidade.

É importante que prestemos atenção nas informações do site em que estamos comprando algo e sempre checar a presença do sistema antifraude. Além disso, também devemos levar em consideração outros fatores, principalmente, quando estamos falando da compra de imóveis. 

Alguns exemplos são:

Escolher onde comprar o imóvel

As imobiliárias são sempre as opções mais lembradas na hora da escolha de um imóvel. Porém é possível e muito válida a compra de imóveis por conta própria! O importante é sempre verificar se o site em que o anúncio está sendo ofertado é realmente seguro.

Verificar os dados da propriedade e proprietário

Caso tenha encontrado o imóvel dos seus sonhos, não se apresse e não assina nenhum contrato sem antes verificar os dados apresentados. É crucial que esse tipo de informação seja checada, então veja sempre se as informações da casa e de quem está anunciando são verdadeiras. 

Confira se a propriedade está cadastrada devidamente no Registro de Imóveis e cheque se o pagamento de contas, como o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e se não existem outras pendências, como possíveis conflitos judiciais, divisão de herança e dívidas.

Reinicie o processo de busca ao sinal do menor problema que seja.

Sistema antifraude. | Foto: Unsplash.

3 dicas de como evitar fraudes e golpes na compra de um imóvel online

Foi citado, anteriormente, tudo que deve ser levado em consideração ao fazer compras de imóveis online. Portanto, confira, abaixo, 3 dicas para evitar golpes e fraudes.

1. Dê preferência a canais de compra confiáveis

É tentador recorrer aos aplicativos de mensagem, por conta de sua facilidade, mas sempre tenha o primeiro contato com a fonte anunciante por canais oficiais, como o site. Também são boas opções os canais como e-mail, redes sociais e também centrais de atendimento. 

Sempre pesquise na internet sobre como a empresa é, a sua atuação no mercado e experiências de clientes anteriores.

2. Tenha conhecimento sobre tudo a respeito do imóvel

Provavelmente esse imóvel já foi utilizado anteriormente, então pesquise sobre o estado de conservação dele e se existem impostos, taxas ou dívidas em aberto. Sempre dê preferência a visitas presenciais.

3. Se planeje

A compra de um imóvel exige um certo planejamento de tempo, seja para pesquisas e, principalmente, para o lado financeiro. Sendo assim, sempre verifique se o imóvel já está desocupado e tenha conhecimento das taxas envolvidas na compra, como a ITBI e também registro. 

Com essas dicas e o sistema antifraude, é possível fazer uma compra de imóvel segura na internet. Para isso, veja mais imóveis retomados com até 70% de desconto na Resale.

maior-outlet-imobiliário

Posts relacionados

Deixe um comentário