Saiba como fazer um bom negócio investindo em um imóvel ocupado com a Resale

7 minutos para ler

Se você está de olho em imóveis com grandes descontos para investir, com certeza já viu que muitas dessas oportunidades se tratam de unidades ocupadas. Mas será que um imóvel ocupado é um bom negócio?

Mas como assim eu vou realizar a compra de imóvel ocupado? Vamos supor que, depois de algumas buscas, você encontre o imóvel ideal. O fato de ele estar ocupado não é um problema, principalmente se você não tem necessidade de ocupar a propriedade imediatamente.

Para você que pode esperar um pouquinho para ter a posse do imóvel, comprar um imóvel ocupado, seja vantajoso. Os bens nessa situação tendem a ter preços mais atrativos em decorrência do prazo de ocupação. Além disso, através do auxílio de profissionais, como advogados, esse processo de desocupação pode ser rápido e você terá pago muito menos pelo imóvel.

Neste artigo, vamos explicar melhor para você a modalidade de compra de um imóvel ocupado. Ao longo do texto, falaremos sobre os seguintes tópicos:

● O que é um imóvel ocupado?;

● Vantagens de comprar um imóvel ocupado;

● O que levar em consideração na hora de comprar um imóvel ocupado?

● Como fazer a desocupação de um imóvel?

Na procura por imóvel é vantajoso optar por um ocupado. | Foto: Freepik.

O que é um imóvel ocupado?

Os imóveis retomados são aqueles em que uma pessoa não consegue pagar as parcelas do seu financiamento. Com isso, instituições financeiras resgatam esses imóveis. Diante dessa situação, existem os desocupados e os ocupados. No primeiro caso, não há pessoas morando no ambiente, já no último, existem moradores na residência.

Então, quando as pessoas não conseguem arcar com dívidas de um bem, como imóveis, é comum ele ir a leilão e depois para venda direta. Em casos assim, o bem é revendido para suprir a dívida que a pessoa tem com o contratante, no caso, os Bancos. Imóveis nessa situação são chamados de imóveis ocupados, já que são vendidos ainda com pessoas morando nele.

Vantagens de comprar um imóvel ocupado

A maior vantagem de comprar um imóvel ocupado é a economia. Nesses casos, existe a possibilidade do comprador conseguir adquirir uma residência a um valor abaixo do que é praticado no mercado. Geralmente, o deságio de um imóvel ocupado é maior do que um desocupado.

Dependendo da situação, o comprador pode conseguir descontos de até 70%, fator que altera profundamente o valor do imóvel. Com o apoio jurídico especializado, a desocupação do imóvel poderá ser rápida, reduzindo possíveis perdas financeiras. 

A negociação direta é outra alternativa que pode funcionar, existe sempre a possibilidade de fazer a desocupação de forma amigável com o morador do imóvel ocupado.

Além do mais, caso o morador seja um inquilino, pode manter o contrato de locação ativo e receber uma renda mensal de aluguel do seu novo imóvel. 

O que levar em consideração na hora de comprar um imóvel ocupado?

No momento de decisão sobre a compra de um imóvel ocupado, é preciso levar alguns pontos em consideração. São eles:

● Entender a situação do imóvel, como quem está morando nele;

● Analisar o preço do imóvel;

● Contar com o auxílio e os conselhos de um advogado e um especialista no mercado imobiliário.

Logo, é importante que sejam verificadas todas as informações sobre o imóvel antes do investimento. O ideal é fazer um bom planejamento e avaliar os riscos.

Como fazer a desocupação de um imóvel?

Ao comprar um imóvel ocupado, é necessário tomar algumas medidas

Comprei um imóvel ocupado o que fazer? | Foto: Freepik.

Contratar um profissional

Em primeiro lugar, é imprescindível a contratação de um advogado ou uma assessoria jurídica especializada para auxiliar e orientar sobre todos os cuidados e procedimentos para o ingresso no imóvel. É importante procurar um profissional para que esse processo seja feito de maneira rápida e correta.

Mesmo que o novo proprietário queira ingressar o mais breve possível no imóvel, o que é compreensível já que ele o comprou, tentar entrar à força não é a melhor opção. Contratar um chaveiro para arrombar e mudar a fechadura é um exemplo de atitude extremista que não deve ser cometida, pois é crime e a pessoa pode sofrer um processo por invasão, danos morais e materiais.

A melhor maneira é seguir a ordem legal ou tentar um acordo amigável com os ocupantes. Por esse motivo, um advogado ou uma assessoria jurídica são indicados para auxiliar os novos proprietários a tomar as melhores decisões. 

Entender como o imóvel está

Com um profissional, é importante estar a par de toda a situação e as intenções do ocupante. Por isso, é necessário visitar o local do imóvel para confirmar as informações a respeito da ocupação, além de saber se a pessoa que tem a posse e está ocupando o imóvel no momento, quer permanecer no local após a transferência de propriedade.

Em casos como esse, se o comprador tiver interesse, ele pode estabelecer um contrato de aluguel. Nesse sentido, a participação de um advogado é fundamental para elaborar o contrato.

Caso o interesse do comprador seja a ocupação efetiva do imóvel, o ideal é tentar resolver a situação de forma amigável. Através da obtenção de informações do ocupante, vale a tentativa de chegar a um acordo de desocupação e, se o acordo não for viável, o comprador pode requerer a desocupação pela via judicial.

É válido destacar que é interessante apresentar certa flexibilidade, oferecer prazos para que a pessoa se organize e saia do imóvel, sendo um comportamento ajustável, poupando tempo e dinheiro.

Informar a desocupação

A melhor maneira de avisar ao indivíduo que detém a posse e está no imóvel sobre a necessidade de desocupação, é por meio de uma notificação extrajudicial. Assim, essa notificação serve tanto como precaução, quanto como tentativa de realizar um acordo.

Ações para efetivar a desocupação

Caso você tenha seguido as medidas anteriores e o atual possuidor não tenha saído do imóvel, o arrematante deverá promover uma ação de imissão na posse ou uma ação reivindicatória com o auxílio de um advogado ou assessoria jurídica. Com a lei, o arrematante consegue de maneira mais fácil a desocupação do imóvel. 

Além disso, é válido tentar uma desocupação amigável. Sendo assim, a gentileza pode agilizar o processo de desocupação e pode ser uma maneira mais agradável e empática de realizá-la.

A Resale, maior Outlet Imobiliário do Brasil, desenvolvendo soluções para facilitar o acesso a imóveis retomados em operações financeiras e imobiliárias.

A empresa associa a tecnologia com o foco no cliente para gerar valor ao mercado. Iniciantes ou experientes nesse meio podem contar com a ajuda da Resale para achar o imóvel ocupado ideal e, então, poder adquiri-lo da melhor maneira possível.

imóveis retomados
Posts relacionados

Deixe um comentário