Entenda tudo o que mudou nos investimentos imobiliários durante a pandemia

7 minutos para ler

Aqueles que estão acostumados a investir sabem que é necessário pensar antes de tomar uma decisão. Além de avaliar seu planejamento financeiro pessoal, é importante estar ciente do atual cenário econômico. Quando se trata do mercado imobiliário essa realidade não é diferente. Investir em imóveis vale a pena, mas é preciso estar atento a alguns detalhes para escolher a melhor opção.

Dentro da análise de mercado, é interessante levar em conta os períodos de crise, por exemplo. Desde o ano passado, o mundo enfrenta sérios problemas econômicos acarretados pela pandemia do novo coronavírus. Diante disso, a pergunta que fica é: por que investir em imóveis na pandemia?

Neste artigo, vamos responder essa questão, destacando as vantagens de investir em imóveis na pandemia. Além disso, explicaremos a situação do mercado imobiliário durante esse período e mudanças que serão mantidas. Confira!

Investir em imóveis na pandemia. | Foto: Freepik.

O que mudou nos investimentos imobiliários durante a pandemia?

Em meio à pandemia que se alastrou rapidamente por todos os países, todos os setores da sociedade passaram por mudanças. A necessidade de passar a maior parte do tempo em casa motivou muitos a procurar imóveis maiores, provocando um novo movimento no mercado imobiliário. Os apartamentos e casas maiores, que antes eram vistos como desperdício de dinheiro, ganharam importância. Com isso, o interesse em investir em imóveis na pandemia começou a ganhar força.

Além disso, pensando a longo prazo, aqueles que tinham dinheiro guardado ou já estavam acostumados a investir decidiram focar no mercado imobiliário. Os investimentos nessa área são considerados estáveis, já que, com o tempo, os imóveis tendem a valorizar. Sendo assim, investimentos em imóveis valem a pena, pois significa investir em segurança.

Diante disso, surpreendendo a todos, em meio a uma crise severa nos outros mercados, o imobiliário apresentou uma forte expansão em 2020. E, de acordo com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), projetou-se um crescimento de 35% nesse setor neste ano.

Esse resultado sugere que é um bom negócio investir em imóveis na pandemia que continua afetando o País este ano. Entre os tipos de investimentos imobiliários existentes, um deles é recomendado que seja feito durante a pandemia: investimentos em imóveis físicos ou fundos imobiliários. A aposta nesse modelo é indicada devido às chances de conseguir desconto nos preços, liquidez e risco reduzido. Nesse caso, mesmo que a renda diminua, o patrimônio não será reduzido. Logo, há uma grande expectativa nesse modelo de investimento.

Ademais, outro aspecto que mudou dentro do mercado imobiliário durante a pandemia foi a forma de vender. A disponibilidade dos anúncios em boas plataformas de compra e venda tornou-se essencial. Fotos de qualidade e descrições completas também ganharam importância e são observadas no momento da compra, podendo até ser um fator decisivo.

Dentro desse “pacote”  de ferramentas tecnológicas, as visitas virtuais, videochamadas e assinatura de contratos digitais também marcaram presença, facilitando o processo de compra e venda e contato entre locatários e clientes.

Portanto, além de destacar a importância do lar, a pandemia evidenciou a necessidade que o mercado imobiliário tinha de acompanhar as transformações tecnológicas. Nesse período, apesar das dificuldades que outros setores enfrentam para se adaptar, investir em imóveis na pandemia ficou simples e rápido.

Por que o mercado se encontra dessa maneira?

Existem diferentes motivos que explicam o aquecimento e as transformações do mercado imobiliário em meio à pandemia. Abordando o contexto nacional, um incentivo para  os consumidores procurarem investir em imóveis na pandemia foi a alta disponibilidade de crédito. Segundo dados da Associação Brasileiras das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), o ano de 2020 contou com um crescimento de 57,5% nos valores financiados comparado ao ano anterior.

Outro fator que incentivou as pessoas a investir em imóveis na pandemia foram os juros baixos. Essa redução facilitou o lançamento de empreendimentos e atraiu tanto compradores quanto investidores, que viram na aquisição de imóveis ou fundos imobiliários uma boa opção de aplicação. Nesse caso, levou-se em conta o rendimento e a segurança desses investimentos.

Como mencionamos anteriormente, o isolamento social também causou mudanças significativas nesse mercado. Com as pessoas dentro de suas residências praticamente o dia inteiro, o desejo por espaços maiores aumentou. Logo, a vontade de investir em imóveis na pandemia tornou-se uma realidade. Além disso, o mercado se viu obrigado a digitalizar seu processo e adiantar sua modernização.

Avaliando as mudanças que o mercado imobiliário adotou durante a pandemia e quais irão se manter, a tendência é que as visitas virtuais sejam frequentes, mas não substituam as presenciais. Além disso, locatários afirmam que seguirão ampliando a disponibilidade de mais opções de imóveis em portais on-line e/ou sites próprios. Essas medidas enfatizam a importância de apresentar um portfólio digitalizado e de fácil acesso.

Está valendo a pena investir em imóveis nesse período?

Diante de todas as mudanças e informações apresentadas anteriormente, com certeza é possível afirmar que vale a pena investir em imóveis na pandemia. A economia do Brasil passa por momentos de incertezas geradas pela soma de efeitos da pandemia com influência de decisões políticas. Por isso, investir em algo que tenha rentabilidade é o mais indicado.

Tecnologia: investir em imóveis na pandemia sem sair de casa. | Foto: Freepik

Benefícios de investir durante a pandemia

Como afirmamos, o investimento em imóveis vale a pena até durante a pandemia. Para ficar ainda mais claro, separamos uma lista com os principais benefícios de investir em imóveis na pandemia, apesar do período de incerteza econômica. Confira as vantagens que o mercado imobiliário oferece.

  • Segurança do investimento: garantem aumento do patrimônio de forma sólida e sem causar grandes riscos;
  • Possibilidade de renda extra: com a incerteza econômica, é importante contar com uma renda extra que, ao investir em imóveis na pandemia, pode vir através de contrato de aluguéis;
  • Valorização do imóvel: ao contrário dos automóveis, por exemplo, com o passar dos anos, a tendência é que os imóveis valorizem.
  • Diversificação de investimentos: no cenário atual, é necessário buscar investimentos seguros e alternativos para aplicar seu dinheiro de forma inteligente e que se torne rentável, por isso deve-se investir em imóveis na pandemia.

Buscando auxiliar seus investimentos no mercado imobiliário, a Resale está preparada para atender pessoas com ou sem experiência em investir nesse meio e também aqueles que buscam um imóvel para residência. Desenvolvendo soluções para facilitar sua ação de acessar e investir em imóveis na pandemia, a empresa se concentra em oferecer um ótimo serviço e uma tecnologia avançada para você.

O objetivo da Resale é proporcionar uma experiência ótima e certeira para que você invista de maneira segura e inteligente. Estamos aqui para garantir que investir em imóveis vale a pena.

Posts relacionados

Deixe um comentário