Descubra em qual tipo de imóvel urbano é válido investir

7 minutos para ler

Você sabe a diferença entre imóvel rural e imóvel urbano? Ao contrário do que as pessoas pensam, a distinção entre essas duas construções não está relacionada à localização, mas sim a sua finalidade. O imóvel urbano é aquele destinado para alguma função social, seja residencial ou empresarial. Além disso, podem ser encontrados diversos tipos de imóveis urbanos.

Já os imóveis rurais são construções feitas para utilização das terras, não necessariamente imóveis do interior. O artigo 4º da Lei de Desapropriação Rural nº 8.629/1993 define o imóvel rural da seguinte forma: “prédio rústico de área contínua, qualquer que seja a sua localização, que se destine ou possa vir a se destinar à exploração agrícola, pecuária, extrativa vegetal, florestal ou agroindustrial”.

Isto é, mesmo que o imóvel esteja localizado em uma área urbana, se ele possuir destinação rural, ele se enquadra dentro da classificação de imóvel rural. O mesmo se aplica para as situações opostas. Se o imóvel estiver situado em área rural, mas sua destinação é urbana, todas as questões referentes a ele serão resolvidas de acordo com a legislação dos imóveis urbanos.

A diferença entre imóvel rural e urbano reflete no processo de compra. Nos dois casos, a propriedade deve constar no Registro de Imóveis (RI). Porém, de acordo com sua classificação, os tipos de certidões de imóveis mudam. 

Neste artigo, vamos falar mais sobre os imóveis urbanos. Explicaremos quais são e também as características de todos os tipos de imóveis urbanos. Além disso, vamos te apresentar algumas dicas para que você escolha corretamente seu imóvel. Confira!

Conheça os tipos de imóveis urbanos e suas características. | Foto: Freepik.

Quais tipos de imóveis urbanos existem?

Os imóveis urbanos são classificados quanto ao seu tipo para melhor se enquadrarem diante das necessidades de cada pessoa. Nessa classificação eles se dividem em:

  • Casas residenciais;
  • Apartamentos;
  • Imóveis comerciais.

Particularidade de cada um deles

Agora que já conhecemos quais são os tipos de imóveis urbanos, vamos entender quais são as características de cada um deles seguindo a divisão citada acima. Confira.

Casas residenciais

1. Casa geminada

Casa geminada é a construção de duas ou mais casas ligadas umas às outras, que dividem igualmente o lote de acordo com a quantidade de unidades. Esse tipo de residência simétrica que compartilha a estrutura visual, alvenaria e telhado.

2. Sobrado

Sobrado é o tipo de construção constituída por dois ou mais andares. 

3. Bangalô

O bangalô é um tipo de construção térrea que costuma ser pequena e apresentar uma varanda. Esse tipo de casa é bastante comum na América do Norte e é ideal para locais mais frios. 

4. Edícula

Edícula consiste em uma casa pequena, localizada no fundo de um terreno e apresentando, geralmente, apenas um dormitório, sala, banheiro e cozinha. Algumas edículas possuem uma garagem e uma área de serviço externa. 

5. Mansão

Mansão significa uma casa de alto padrão e luxo. Essas residências são grandes e apresentam diversos cômodos e espaços de lazer, tudo com o máximo de conforto possível.

Tipos de imóveis urbanos: as mansões são tipos de imóveis urbanos amplos. | Foto: Freepik/senivpetro.

6. Loft

Loft é o tipo de construção que não possui divisórias entre os cômodos. Ele é inspirado nos galpões e armazéns americanos dos anos 70 e são vistos até hoje como sinônimo de inovação. 

Apartamentos

7. Apartamento padrão

Os apartamentos padrões são unidades onde vivem uma porção de famílias em residências separadas. Eles possuem plantas bem definidas e várias divisões internas com o número de cômodos ideais para famílias grandes ou pequenas, podendo conter dormitórios, banheiro, cozinha, sala e, em alguns casos, vaga de garagem. 

8. Kitnet

Kitnet é um pequeno apartamento com quarto, sala e cozinha juntos e banheiro. Esse tipo de construção tem valor inferior e tem sido uma opção comum nas grandes cidades, principalmente para universitários.

9. Cobertura

O apartamento de cobertura fica no último andar de um prédio. Por serem as plantas mais caras de um empreendimento, atendem a um público sofisticado e conta com a presença de áreas de lazer, como terraço gourmet, jacuzzi e piscina. Para quem busca uma opção com mais espaço e privacidade, as coberturas são indicadas.

10. Flat

Flats são apartamentos residenciais que dispõem de serviços de comodidade, muitas vezes similares a um hotel, mas mais baratos.

11. Apartamento garden

O apartamento garden fica localizado no térreo e costuma ser de alto padrão, pois conta com área externa com churrasqueira, jardim e piscina. Esse tipo de apartamento costuma ter um preço mais acessível e funciona como uma escolha certa para quem precisa de acessibilidade ou quer evitar escadas e elevadores.

12. Studio

O studio é um apartamento de cômodo único, ou seja, não costuma apresentar divisórias. É uma opção confortável, que acomoda móveis um pouco maiores e mais funcionais, tendo uma sala integrada com quarto e cozinha. Ele pode ser uma ótima opção para quem mora sozinho ou para casais sem filhos.  

13. Apartamento duplex

O apartamento duplex é aquele que tem dois andares. Além de ser espaçoso, esse apartamento costuma ter escada ou alguma ligação interna. Para quem procura um imóvel amplo, o apartamento duplex pode ser uma escolha atrativa por ser mais barato do que as casas.

Imóveis comerciais

14. Lojas

As lojas são espaços comerciais que podem estar localizados em ruas, shoppings e galerias. Comuns em diversos tipos de comércio, as lojas costumam apresentar espaço para estoque e exposição de mercadorias.

15. Salas

As salas comerciais são imóveis com estrutura simples e um banheiro, localizadas geralmente dentro de edifícios comerciais. O ambiente pode ser utilizado como escritório, consultório ou ponto de venda.

Tipos de imóveis urbanos: escritórios em salas comerciais são tipos de imóveis urbanos para se investir. | Foto: Freepik/ArthurHidden.

16. Galpão

Galpão é um edifício comercial com um espaço amplo e simples, localizado normalmente em áreas afastadas, mas de fácil acesso.. Geralmente, esse tipo de construção é utilizado para armazenar mercadorias de todos os tipos, desde carros até outros produtos industriais.  

O que levar em consideração na hora de escolher o seu imóvel ideal?

Para fazer uma boa escolha dentre todos os tipos de imóveis urbanos disponíveis no mercado, é necessário levar em consideração alguns pontos. Separamos algumas dicas para te ajudar a decidir qual é o melhor imóvel para investir.

Lembre-se de que existe um imóvel ideal para cada tipo de investidor. Por isso, na hora de investir, é preciso levar em consideração:

  • Qual o tipo de imóvel você deve escolher;
  • Se há a necessidade da revenda do imóvel;
  • Tenha calma, mas não demore muito para decidir;
  • Pense se imóveis comerciais são uma boa opção para investidores;
  • Faça um planejamento;
maior-outlet-imobiliário
Posts relacionados

Um comentário em “Descubra em qual tipo de imóvel urbano é válido investir

Deixe um comentário