Transformação digital: Entenda como afetou o mercado imobiliário

7 minutos para ler

Para quem está começando a investir em um negócio ou mesmo quem já apresenta uma empresa relativamente consolidada, é imprescindível estar atento às mudanças tecnológicas. Com o objetivo de se tornarem cada vez mais modernas e acompanharem as inovações que surgem a cada momento, as empresas passam pelo processo de transformação digital.

É fato que inovação não é algo recente. Na verdade, ao longo dos anos, tivemos descobertas importantes que mudaram e revolucionaram a vida da sociedade. Desde a área da comunicação com o surgimento dos telégrafos, computadores, smartphone e internet, no geral, até os setores industriais com a descoberta dos motores elétricos e de combustão, o dia a dia das pessoas foi impactado. Atualmente, esse cenário é ainda mais intenso. 

Com as tecnologias, que foram gradualmente inseridas na sociedade, não há profissional ou mercado que não tenha sido impactado por essa transformação digital. Por isso, neste artigo, vamos te explicar melhor o que é transformação digital e a importância que a revolução, trazida por essa ideia, tem nas empresas. Além de tratar sobre os impactos dessas mudanças dentro de todos os tipos de mercado, vamos destacar a influência da mesma no setor imobiliário. Confira.

Transformação digital o que é? | Foto: Freepik.

O que é a transformação digital?

Transformação digital o que é? A transformação digital pode ser definida como o processo de incorporação de ferramentas inovadoras. A partir dessas mudanças, substitui-se completamente todas as formas tradicionais e manuais de fazer negócio, por alternativas e soluções digitais. Ao inserir a transformação digital nas empresas, a ideia é que todos os setores pensem e trabalhem de forma estratégica, visando aprimorar o desempenho e a área financeira da empresa, além de melhorar e aproximar a relação da organização com o cliente. Ou seja, é uma mudança na maneira de pensar e fazer negócio.

Apesar de muitos associarem a transformação digital somente ao fato da inclusão de tecnologia melhorar o funcionamento de empresas, ela vai muito além disso. Por mais que ela também gere uma mudança no desenvolvimento e na estrutura da organização, a transformação digital é mais profunda e gera uma mudança cultural.

Na verdade, o que causa a transformação é a inserção de tecnologias cada vez mais avançadas em tempo recorde, dentro das empresas e no dia a dia das pessoas, alterando o contexto global de mercado e de sociedade.

Pilares da transformação digital  

Existem alguns elementos que servem como base para guiar os objetivos do processo de inserção da transformação digital nas empresas. São eles:

● Cliente: importância de proporcionar uma boa experiência aos consumidores;

● Competição: mudança na forma de enxergar os concorrentes de todos os setores;

● Dados: acompanhar os dados e tomar decisões de forma mais assertiva para seu negócio;

● Inovação: criar projetos do 0 e aprimorar os já existentes;

● Valor: atentar-se para os movimentos e oscilações do mercado;

● Negócios: notar a transformação digital em todas as etapas de trabalho e setores dentro das empresas.

Como a transformação digital impacta os mercados em geral?

Lendo até aqui, já é possível constatar que a transformação digital, com certeza, impacta os mercados. Porém, qual seria esse impacto? E como resposta a essa pergunta, listamos as principais contribuições dessa mudança digital para as empresas, que são:

● Tornar a comunicação mais assertiva e rápida;

● Formar equipes mais sintonizadas, integradas e colaborativas;

● Acessar completamente múltiplas informações;

● Automatizar processos;

● Reduzir as burocracias;

● Facilitar a tomada de decisões, baseando-se na análise de dados;

● Intensificar a interação com clientes através de canais mais avançados;

● Colaborar com a análise de desempenho através de ferramentas modernas. 

Exemplificando melhor a atuação da transformação digital em mercados específicos, podemos citar as áreas da saúde, da educação e do consumo em geral. 

A saúde foi beneficiada com: equipamentos mais modernos, pesquisas mais avançadas para o descobrimento de tratamentos, histórico a respeito das doenças recorrentes no mundo todo, além de laudos e prontuários digitais.

A educação, por sua vez, foi revolucionada com o ensino a distância, por meio de canais e ferramentas digitais. Já na área do consumo, a maneira de comprar e de ter acesso às ofertas também foi modificada.

Influência da transformação digital. | Foto: Freepik.

Como a transformação digital impacta o mercado imobiliário?

Assim como nas áreas da saúde, educação e consumo, a inserção da transformação digital no mercado imobiliário, também é constante e gera mudanças positivas. Bem como nos outros setores, a tecnologia é uma ferramenta para dar suporte a empresa, para que ela se desenvolva, cresça de forma eficaz e se relacione de maneira próxima com seu cliente, possibilitando que ele tenha uma experiência cada vez mais satisfatória.

Dentro do mercado imobiliário, a influência da transformação digital gerou inovações e tendências que modificam e facilitam os investimentos dos clientes e a visualização das oportunidades de aplicação do dinheiro e compra de imóveis. Nesse sentido, explicaremos algumas dessas novas ferramentas tecnológicas.

Assinaturas Digitais

A assinatura digital é uma espécie de substituta e documento equivalente à assinatura física, apresentando validade jurídica. 

É uma forma eletrônica de autenticar diversos tipos de contratos, inclusive os do mercado imobiliário. Em tempos de pandemia e isolamento social, a assinatura digital funcionou como uma excelente alternativa.

Smart Contracts

Os smart contracts são softwares que realizam, de forma automática, as regras contratuais. No cenário do mercado imobiliário, você pode programá-los para serem liberados ao cliente no momento de compra de um imóvel, otimizando o processo. Além disso, todas as operações que envolvem contratos imobiliários também podem ser executadas através dos smart contracts

Aplicativos e Redes Sociais

Os aplicativos e redes sociais servem tanto para aproximar a relação entre organização e cliente, quanto para ser a ponte de contato para a realização de futuros negócios e investimentos. WhatsApp, Facebook e Instagram, por exemplo, são ótimas redes de contato e divulgação. Hoje, através dos aplicativos disponíveis para os smartphones, as pessoas podem ter acesso às ofertas imobiliárias de qualquer lugar que elas estejam. 

Customer Relationship Management (CRM)

O CRM é uma ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente. Projetada e desenvolvida para automatizar e otimizar o processo de contato entre as empresas e seus consumidores, por isso ela é bastante utilizada no mundo dos negócios imobiliários. Existe uma rede ampla de softwares de CRM e você pode optar por aquela que se encaixa melhor no seu empreendimento.

Realidade virtual

As ferramentas da realidade virtual, sem dúvidas, são bem exploradas pelo mercado imobiliário. A intenção é que, através dos acessórios disponibilizados por essa tecnologia, as pessoas tenham a sensação de estar em algum lugar presencialmente. Os óculos virtuais, por exemplo, são uma das grandes apostas que prometem fornecer para os clientes a experiência de visitar e conhecer imóveis sem sair de onde estão.

Diante de todas essas possibilidades de inovações trazidas pela transformação digital, é fundamental que, para você que deseja realizar investimentos imobiliários, esteja antenado e com suporte adequado para usufruir, da melhor maneira de todas, dessas ferramentas. Nesse sentido, a empresa Resale, especializada na venda de imóveis retomados e por leilão, está à sua disposição para te auxiliar no empreendimento de imóveis.

maior-outlet-imobiliário
Posts relacionados

Deixe um comentário